O que é Mídia Programática

Fala meus queridos! Tudo bem?

Tanto os editores quanto os anunciantes podem se deparar com o gerenciamento do espaço do anúncio. Negociar manualmente a venda e a compra de anúncios é um processo demorado, mas a publicidade programática oferece uma alternativa mais inteligente e rápida.

A publicidade programática é agora a forma dominante de comprar e otimizar a publicidade digital. Conhecer os conceitos básicos de programático e como ele funciona é essencial para os profissionais de marketing.

A definição de Mídia Programática

A mídia programática é o processo de compra e venda automática de espaço para publicidade digital. Antes da disponibilidade de publicidade programática, pedido, configuração e geração de relatórios sobre anúncios, todos tinham que ser executados manualmente.

O processo é simplificado por meio de mídia programática, tornando-o mais eficaz e eficiente. Todos os formatos e canais podem ser acessados ​​programaticamente, graças às plataformas programáticas que criaram seu inventário de anúncios e banco de dados.

Principais motivos pelos quais você deve usar Mídia Programática

  • Gaste seu orçamento de publicidade com sabedoria

A publicidade programática permite segmentar usuários em um nível granular. Com acesso a quantidades incríveis de dados na ponta dos dedos, você pode direcionar os espectadores com a mensagem certa, no lugar certo, no momento certo. Isso significa que você está usando o orçamento do seu anúncio de maneira mais inteligente, eliminando o desperdício de visitantes que provavelmente não têm interesse em seu produto.

  • Medição e otimização em tempo real

Com a publicidade programática, o desempenho de cada anúncio é medido em tempo real. Agora, os anunciantes não precisam esperar uma planilha de excelência de sua agência de mídia semanas após os anúncios serem publicados – tarde demais para otimizar uma campanha ao vivo.

A programática permite que os anunciantes ajustem e otimizem os anúncios lá e depois testem e melhorem os resultados, além de terem uma supervisão clara de seus gastos com anúncios.

  • Uma maneira transparente de comprar mídia

Nos dias anteriores à publicidade programática, as marcas eram obrigadas a confiar em agências e terceiros para lidar com seus gastos com anúncios. Agora, as marcas podem ter total transparência sobre as taxas. Além disso, exatamente onde e quanto de seu dinheiro está sendo gasto com o quê.

  • Não é tudo sobre os dados

Obviamente, a segmentação por meio de publicidade programática não precisa envolver o conhecimento de tudo sobre um usuário. É aí que a segmentação contextual fornece uma maneira direta – e menos invasiva – de atingir o público-alvo desejado. Dessa forma, você pode segmentar usuários com base em palavras-chave e relevância contextual de uma página.

  • Alcance multicanal e de formato

Com o crescente número de pontos de contato digitais do usuário médio, sua publicidade deve estar acompanhando. É aqui que a publicidade programática está liderando a cobrança. Ele permite atingir o público-alvo em todos os dispositivos: no celular, computador, tablet, aplicativo, via TV e até mesmo fora de casa. As possibilidades são infinitas!

Conhecer o básico da publicidade programática é essencial para os profissionais de marketing digital. Embora possa parecer complexo a princípio, é um processo simples e refinado que melhorou o desempenho do marketing digital. Além disso, é o primeiro passo para o uso de formas mais avançadas de publicidade.

Me conta aí meu querido, o que achou do conteúdo?

%d blogueiros gostam disto: